Quem pensa em algo fala sabendo quem vai escutar da forma certa. No meu caso eu escrevo coisas fáceis e diretas para que apenas os que não tem desconfiança possam interpretar.

Feito para pensamentos em forma de poesias e observações.

sábado, 20 de março de 2010

O que move a verdade?


Por que me dizes com razão?
Posso ser tua, e não vou ser!
Mas nem pensar!!, mas sem saber,
Que sei que eu para você,
Sou bem menor do que quero ser!

Que complicado de entender!
Tantas palavras pra dizer.
O que é tão simples de voltar.
Por que se volta você sabe!
Não preciso nem te explicar.

O que é mais fácil pra você?
De repente mover o parado.
De repente parar o que andou,
Ou então só falar complicado.
Pois tens medo, tu sabes quem sou!

Um comentário:

  1. Parabéns!!
    Sabe, fazer jogo de palavras...
    Isso é muito legal em uma poesia..
    Estou seguindo o teu blog...
    Qualquer hora, venha fazer uma visitinha no meu ....
    Um abraço.

    ResponderExcluir